Tudo sobre o fim do Google Plus

Atualizado: 2 de jun. de 2019


O Google Plus, a rede social da gigante Google já tem data para terminar. No ar desde 2011, a empresa anunciou que seu fim se dará em Agosto de 2019. Esta notícia chega logo após a Google sofrer uma grave falha na segurança de dados de seus usuários.


Acredita-se que esta falha tenha afetado um pouco mais que 500 mil contas. O problema de segurança já foi corrigido em meados de Março de 2018, porém ficou um clima de tensão e desconfiança no ar.


Para justificar o fim de sua rede social, a Google declarou que seu tráfego não era satisfatório e que, pelo menos, 90% de seus usuários ficavam apenas 5 segundos em uma página do Google +, ocasionando baixo engajamento.


Sabemos que estas métricas de engajamento e tempo de permanência em uma página é um dos fatores cruciais para manter um site na lista do buscador.


Apesar de o Google Plus chegar ao fim para usuários domésticos, a empresa ainda acredita que sua rede social possa trazer bons frutos e deixará contas empresarias ativas, mantendo o foco para um ambiente corporativo.


Aproveite a visita para assinar a nossa newsletter. Assim você vai receber as nossas novidades em primeira mão!


A verdade sobre o fim do Google Plus


A justificativa de baixo tráfego e baixo engajamento são aceitáveis, porém a verdade é que por causa do bug que prejudicou milhões de usuários, a Google ficou com sua reputação abalada.


A falha no sistema permitia que programadores externos ao Google Plus tivessem acesso à dados privados dos usuários. No entanto, a Google saiu na frente e garantiu que nenhum dado ou mensagem privada foram expostos.


O anúncio sobre o fim do Google Plus foi feito em Outubro de 2018 e na mesma data o vice presidente de engenharia da empresa, Ben Smith, declarou que o Google irá adotar novas configurações de privacidade para seus demais serviços.



Contas Google VS Privacidade


Ainda de acordo com Ben Smith, os únicos aplicativos que terão autorização para acessar dados de seus usuários são aqueles que proporcionem melhora direta com seus serviços de e-mail.


Para ter acesso a tais informações o desenvolvedor deverá passar por avaliações de segurança e ainda concordar com as novas regras do Google. Além disso, estarão proibidos de vender ou transferir estes dados para rastreamento de campanhas por e-mail e anúncios.


Todas estas adaptações de segurança incorporadas ao Google fazem parte de um projeto interno chamado Project Strobe, que inclui uma revisão ao acesso de terceiros às contas do Google e a dados de dispositivos Android.


Muitos aplicativos e plataformas do Google são sucesso entre os usuários da rede, no entanto, o Google Plus não seguiu a mesma linha. Para quem ainda tem uma conta ativa no Google Plus, terá até Agosto de 2019 para baixar e/ou migrar seus dados e se desligar totalmente da rede social.


Você sabia que rede social do Google vai acabar? Fazia uso dela e já está na fase de migrar contatos ou nunca se interessou em fazer seu cadastro? Deixe um comentário neste texto e compartilhe, com a gente a sua opinião.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo